Quase R$ 5 milhões vêm aí

Expectativa para a liberação da verba do convênio

Expectativa para a liberação da verba do convênio

A CBHG deve receber em breve R$ 4,9 milhões de reais de um convênio com o Ministério do Esporte. A proposta foi aprovada em junho e tem o objetivo de preparar a seleção brasileira para as Olimpíadas de 2016. O dinheiro está para ser liberado há alguns meses, e seria usado, por exemplo, para custear a ida da seleção feminina à World League em Guadalajara, no México.

Com as meninas praticamente fora dos Jogos, a CBHG já sinalizou que todo o dinheiro vai ser usado para a seleção masculina, que espera o resultado dos Jogos Centro-Americanos em novembro para saber se ainda tem chances continuar sonhando com as Olimpíadas.

De acordo com o documento divulgado pelo Ministério, a CBHG entraria com uma pequena contrapartida de quase R$ 75 mil reais. O valor liberado para a CBHG foi menor que o autorizado para esportes como o Tiro com Arco (R$ 5,3 milhões) e Desportos na Neve (R$ 7,8 milhões) e quase igual ao liberado para a Federação Paulista de Luta Olímpica (R$ 4,4 milhões).

Brasileiro masculino de Base vai ter 31 jogos

Tabela do Campeonato Brasileiro Masculino de base (clique para ampliar)

Tabela do Campeonato Brasileiro Masculino de base (clique para ampliar)

Vai ser disputado neste fim de semana (1 e 2 de novembro) o Campeonato Masculino de Base em Porto Alegre. A competição vai ter três categorias: sub-13, sub-15 e sub-18. É uma mudança em relação às duas edições anteriores, em que os jogos eram nas categorias sub-14 e sub-17. Pela primeira vez na história, times das 5 federações vão participar de uma competição nacional, já que o Paraná está inscrevendo um time no torneio. São sete equipes no sub-15, seis no sub-13 e cinco no sub-18, com nada menos que 31 partidas, provavelmente a maior competição de hóquei já organizada no país. As equipes participantes se classificaram disputando os campeonatos estaduais, com exceção do Paraná, que tem apenas uma equipe.

No sub-13, participam apenas times da Região Sul: o grupo A tem Henrique Stodieck (SC), EMEF N.S. de Fátima (RS) e EMEF Duque de Caxias (RS); no grupo B jogam Vila Nova (RS), Colegial (SC) e DMEL Farroupilha (RS).

No sub-15, o grupo A tem Vila Nova (RS), Colegial (SC), São José (SP) e Tô Ligado (RJ). No grupo B jogam DMEL Farroupilha (RS), Henrique Stodieck (SC) e EMEF Werka (PR).

O sub-18 vai contar com grupo único, com Germânia (RJ), Desterro (SC), Colegial (SC), Elpídio da Silva (RJ) e São José (SP). No sub-13 e sub-15 os vencedores de cada grupo se enfrentam na final e no sub-18 a disputa vai ser por pontos corridos.

Veja os campeões nos anos anteriores:

2013 – Florianópolis (SC)

sub-14: São José (SP)

sub-17: Desterro (SC)

2012 – São Leopoldo (RS)

sub-14: Fioravante Webber (RS)

sub-17: Macau (SP)

Paulistão de base em Mogi das Cruzes

As meninas do sub-15 do SEL São José dos Campos

As meninas do sub-15 do SEL São José dos Campos

Foi disputado no último sábado (25) o 3º Campeonato Paulista de Base Indoor. A competição aconteceu no SESI de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. Participaram cerca de 100 jogadores, em três equipes: SESI Suzano, SESI Mogi das Cruzes e SEL São José dos Campos. Foram 14 partidas nas categorias sub- 13, sub-15 e sub-18 (Masculino e Feminino).
No sub-13 feminino, o SESI Suzano ficou com o ouro, seguido por SESI Suzano A e SESI Mogi das Cruzes. No sub-15, as meninas da SEL São José dos Campos foram as campeãs, seguidas pelo SESI Suzano.
São José dos Campos levou a melhor no sub-15 masculino no Paulistão Indoor

São José dos Campos levou a melhor no sub-15 masculino no Paulistão Indoor


No Masculino, o sub-13 teve o SESI Suzano em 1º lugar, seguido pelo SESI Mogi das Cruzes. O SEL São José dos Campos A levou o título do sub-15, com o time B em segundo e o SESI Mogi das Cruzes ficando com o bronze. As mesmas posições se repetiram no sub-18, com o time de São José dos Campos conquistando a medalha de ouro. O time é comandado por Cristiana Vergueiro e Driellen Oliveira. O atleta da seleção brasileira Augusto França é o responsável pelo trabalho de desenvolvimento no SESI.
Time sub-15 B do SEL São José dos Campos

Time sub-15 B do SEL São José dos Campos

Santa Catarina quer gramado de Deodoro

FHESC solicitou campo sintético de Deodoro

FHESC solicitou campo sintético de Deodoro

A Federação Catarinense enviou e-mail à CBHG pedindo o campo sintético de Deodoro, que vai ser retirado para as obras das Olimpíadas de 2016. Além da FHERJ, que não poderia solicitar o gramado, o Hóquei Brasil apurou que a federação de São Paulo também não solicitou, por causa do alto custo. Só falta descobrirmos se as federações do Rio Grande do Sul e do Paraná mostraram interesse em ter o gramado. No e-mail enviado no dia 23/10 ao gerente-geral Bruno Patrício, a FHESC diz que já conseguiu o transporte até Florianópolis e solicita ajuda à empresa responsável pelas obras na retirada do campo. A CBHG ainda não respondeu à solicitação.

Finais definidas no Intercolegial

As meninas do Percepção (de azul) e Elite (de branco).

As meninas do Percepção (de azul) e Elite (de branco).

Neste sábado (25) foram definidos os colégios finalistas da 32ª edição do Intercolegial, disputado na Universidade Castelo Branco, no Rio de Janeiro. Elpídio da Silva e Percepção, campeões em 2013 respectivamente no masculino e no feminino, estão classificados para a decisão e vão em busca do bicampeonato. No masculino, o Lemos de Castro estreou na competição derrotando o Percepção por 2 a 1 e se classificou para a semifinal contra o Elpídio da Silva. Mas  o time do bairro de Padre Miguel confirmou o favoritismo e venceu o Lemos por 2 a 0 e garantiu vaga na decisão do Intercolegial. O outro finalista é o Rosa da Fonseca, que venceu o Paulo Gissoni no shoot out depois do empate em 1 a 1 no tempo normal.

Elite vai disputar o 3º lugar no feminino

Elite vai disputar o 3º lugar no feminino

No feminino, o Percepção, campeão de 2013, mostrou força e derrotou o Elite por 2 a 0. A escola de Vaz Lobo vai enfrentar o Elpídio da Silva na final do Intercolegial em novembro. A medalha de bronze vai ser disputada entre Elite e Rosa da Fonseca.

O Rosa da Fonseca se classificou na disputa de shoot out

O Rosa da Fonseca se classificou na disputa de shoot out

Galeria

Fotos da 1ª rodada do Intercolegial

Esta galeria contém 26 fotos.

Bola volta a rolar no Intercolegial

Intercolegial volta a ser disputado amanhã

Intercolegial volta a ser disputado amanhã

A bola volta a rolar neste sábado (25) no Intercolegial, disputado no campo da Universidade Castelo Branco, no Rio de Janeiro. O primeiro jogo é às 8h30, entre Percepção e Lemos de Castro no masculino. Quem vencer vai enfrentar nas semifinais o Elpídio da Silva, campeão em 2013. Às 9h30, o Percepção, campeão feminino no ano passado, enfrenta o Elite numa semifinal que deve ser muito disputada. Às 10h30, Paulo Gissoni e Rosa da Fonseca disputam a outra vaga na decisão entre as meninas. Fechando o dia, o Elpídio da Silva pega o vencedor de Lemos x Percepção às 11h30.

Os jogos são disputados na Universidade Castelo Branco

Os jogos são disputados na Universidade Castelo Branco